É Notícia Matéria Principal

Ouça o clamor dos cristãos da China

Cristãos chineses estão novamente pedidos por ajuda. Nesta semana duas relevantes igrejas chinesas, uma em Pequim e outra na cidade de Chengdu, foram fechadas por autoridades chinesas. A igreja Zion, em Pequim, uma próspera igreja de cerca de 1,5 mil cristãos foi interrompida subitamente no domingo quando aproximadamente 30 policiais invadiram o encontro e encerraram as atividades, forçando todos da congregação a sair. No andar de baixo, outros 100 policiais esperavam com viaturas e ambulâncias.

A polícia pegou os nomes e detalhes de cada membro da igreja e disse que agora ela está fechada e interditada. Também informaram que qualquer cristão que não cooperasse seria escoltado para a viatura. O pastor principal e alguns presbíteros foram detidos para questionamento e a igreja foi revistada.

Cristãos na China sabem que a perseguição aumenta sua fé e os fortalece levando-os mais perto do Senhor. Os cristãos da igreja Zion se comprometeram a continuar os encontros onde puderem. Embora as autoridades tentem restringir a liberdade física, não podem tirar deles a fé, o amor de Deus e a adoração.

Pedidos de oração

  • Declare o senhorio de Jesus sobre essa nação e os corações daqueles que chamam ele de pai.
  • Ore para que a igreja cresça na autoridade dada por Deus.
  • Peça a Deus que a polícia e as autoridades chinesas experimentem a graça, amor e poder do evangelho revelados por meio daqueles que são perseguidos.

Fonte: Portas Abertas

Sobre o autor

Roberta Marassi

Roberta Marassi é jornalista, pós-graduada em telejornalismo, editora da revista GeraçãoJC, membro da AD.

Add Comentário

Clique aqui para postar comentários