O exemplo é destacado de geração em geração – Revista GeraçãoJC
Comportamento

O exemplo é destacado de geração em geração

Fagner Machado
Por: Simone Maia
Lembrai-vos da lei de Moisés, meu servo, que lhe mandei em Horebe para todo o Israel, a saber, estatutos e juízos. Eis que eu vos enviarei o profeta Elias, antes que venha o grande e terrível dia do Senhor; E ele converterá o coração dos pais aos filhos, e o coração dos filhos a seus pais; para que eu não venha, e fira a terra com maldição. Malaquias 4:4-6
Em Malaquias 4:5-6 O profeta pede ao povo para lembrarem-se da Lei, dos estatutos e juízos de Deus. Mais tarde, outros profetas seriam enviados com a missão de proclamar a vinda de Cristo e seus juízos de geração em geração. O profeta tinha a missão de transmitir a vontade de Deus. Eles impactaram gerações com seus referenciais e na exposição da verdade bíblica, independente das circunstâncias.
Como exemplo de líder temos o apostolo Paulo, que diz “Sede meus imitadores, como também eu o sou de Cristo.” 1 Co11:1. O apostolo já destacava a necessidade de ter um referencial a ser seguido. Isso porque também imitava outro, Jesus Cristo. Paulo instruiu-se aos pés de Gamaliel, mas foi discipulado por Barnabé no evangelho, e este se revelou um grande exemplo tanto na vida de Paulo como de João Marcos, que mais tarde veio escrever o evangelho de Marcos, que originou o evangelho de Lucas e Mateus.
Paulo foi um grande influenciador do evangelho, e de outros discípulos, em Atos 13:13a lemos “Tendo Paulo e seus companheiros…”, Paulo orientava o jovem Timóteo e este seguia seus ensinamentos e conduta de vida, “(…) mas sê o exemplo dos fiéis, na palavra, no trato, no amor, no espírito, na fé, na pureza.
Persiste em ler, exortar e ensinar, até que eu vá.” 1Tm 4:12-13.
Também reconheceu a si próprio na instrução ao jovem Timóteo. “(…)Tu, porém, tens seguido a minha doutrina, modo de viver, intenção, fé, longanimidade, amor, paciência, perseguições e aflições, tais quais me aconteceram em Antioquia, em Icónio e em Listra; quantas perseguições sofri, e o Senhor de todas me livrou.”  II Tm 3:10-11
Constatamos que todos estes tiveram em suas vidas bons exemplos a serem seguidos que culminou em excelentes resultados práticos em toda a sua vida cristã. Temos o referencial de mestre em Jesus Cristo que também tinha como maior instrumento pedagógico Ele mesmo, o seu exemplo, foi citado em Mateus 11:29b “(…)aprendei de mim, que sou manso e humilde de coração.”  E colocado em prática    na narrativa inicial de Lucas em At.1:1 “Fiz o primeiro tratado, ò Teófilo, a cerca de tudo que Jesus começou, não só a fazer, mas ensinar.”
Vivemos sob a ótica de uma sociedade influenciadora, que interage, com uma velocidade surpreendente, portanto, fazem-se necessários exemplos de líderes cristãos que possam inspirar positivamente seus liderados e conseqüentemente, toda igreja local, assim como foram os profetas e os apóstolos de outrora. Observe que no texto acima, gerações (pais e filhos) foram impactados, mediante a pregação profética de Elias e de outras gerações de profetas que vieram após ele! O Senhor sempre estará levantando líderes exemplares para conduzir o seu povo, Ele por certo conta com você que lê esse texto agora.
Para ajudá-lo a ser um líder influente, podemos destacar algumas dicas do livro de John Maxwell, Como tornar-se uma pessoa de influência. Que ajudarão a relacionar-se melhor.
* Comprometa-se com as pessoas – O compromisso de ajudar pessoas mudarem suas prioridades e ações.
* Acredite nas pessoas – dê a elas sua confiança e esperança…
* Dê sem esperar retribuições – se você precisar de algo das pessoas, não poderá liderá-las.
* Dê oportunidades às pessoas – à medida que a pessoa que você cuida se tornar mais forte, ofereça-lhes oportunidades adicionais…
* Ajude as pessoas a alcançarem um nível mais alto – o seu objetivo deve ser levar as pessoas a alcançar o seu potencial máximo.
Sendo assim, você jovem deve buscar ser modelo de vida cristã, isto é, amar profundamente as coisas de Deus, e amar ao próximo como a nós mesmos para que as pessoas reconheçam a presença de Cristo em nosso meio e se unam a nós na proclamação do Evangelho.
Que possamos ser um referencial em nossa igreja, assim como Jesus foi para Paulo, Paulo foi para Timóteo, Barnabé foi para João Marcos e hoje eles são maravilhosos exemplos para Igreja de Cristo.
Simone Maia é Bacharel em Pedagogia (UCB) e Teologia (FAECAD), e membro da Igreja do Evangelho Quadrangular de Bangu.  
Revista GeraçãoJC, edição 118. 

Sobre o autor

Roberta Marassi

Roberta Marassi é jornalista, pós-graduada em telejornalismo, editora da revista GeraçãoJC, membro da AD.

Add Comentário

Clique aqui para postar comentários

Publicações Mês