É Notícia Matéria Principal

Moradores de ilha grega passam a madrugada na rua após terremoto

Foto: Costas Baltas/ Reuters

Muitos moradores da ilha de Zakynthos, na Grécia, passaram a madrugada ao ar livre após o terremoto de magnitude 6,8 que atingiu a região nesta sexta-feira (26). Há registro de diversos danos materiais, mas ninguém ficou ferido.

O Serviço Geológico dos Estados Unidos (USGS, sigla em inglês) informou que o terremoto ocorreu por volta de 1h55 (19h55 em Brasília) e seu epicentro ficou no mar, a 16,6 km de profundidade, a 35,9 km a sudoeste de Lithakia, na parte sul de Zakynthos. Cerca de seis horas após o forte tremor, foram registradas 35 réplicas com uma magnitude máxima de 5,1, de acordo com a Associated Press.

Ele foi sentido na cidade de Atenas (280 km ao norte de Zakyntos) e em vários países, como a Itália, Malta, Albânia e o sul da Turquia.

O prefeito de Zakynthos, Pavlos Kolokotsas, afirmou à imprensa que a situação está sob controle, que não há feridos, mas uma série de danos foram causados principalmente pelos deslizamentos de terra.

Kolokotsas afirmou que, como medida de precaução, permanecerão fechadas todas as escolas e creches da ilha, assim como os serviços públicos.

Os principais danos foram registrados nas cidades de Laganas e Agios Sostis, mais próximas do epicentro. O fornecimento de energia elétrica foi cortado, mas já foi restabelecido em toda a ilha.

No porto de Zakynthos, a capital desta pequena ilha de 40 mil habitantes, houve um deslocamento da doca, mas que não causou danos às embarcações. No entanto, todos os barcos tiveram que ser retirados do local.

As autoridades pediram para que os moradores não entrem em casas antigas ou edifícios com risco de desabamento.

O tremor também causou danos em Pyrgos, cidade do oeste do Peloponeso, na Grécia continental, diante de Zakynthos. Parte de uma Igreja caiu sobre um veículo, sem deixar vítimas, segundo os bombeiros.

Foto: imerazante.gr / via AP

Uma torre bizantina do século XII, situada em uma pequena ilha próxima à Zakynthos, sofreu importantes danos, revelou a imprensa local.

Falhas tectônicas

A Grécia, especialmente a parte oeste e o sul do Peloponeso, está localizada em falhas tectônicas importantes, e costuma ser afetada por terremotos, que geralmente não causam vítimas.

Em julho de 2017, no entanto, um terremoto de 6,7 graus de magnitude matou duas pessoas na ilha de Kos, no Mar Egeu (sudeste) e provocou importantes danos.

Em setembro de 1986, um terremoto de 6,2 de magnitude, ocorrido em Kalamata, capital de Mesenia, causou 20 mortos e o desabamento de muitas casas.

Fonte: G1

Sobre o autor

Roberta Marassi

Roberta Marassi é jornalista, pós-graduada em telejornalismo, editora da revista GeraçãoJC, membro da AD.

Add Comentário

Clique aqui para postar comentários