“Eu quis deixar Jesus, mas não posso” – Revista GeraçãoJC
É Notícia Matéria Principal

“Eu quis deixar Jesus, mas não posso”

Sari*, é uma garota de 12 anos da Índia que veio a fé depois que Deus curou seus ouvidos de uma doença que a deixara praticamente surda desde a infância. Os pais ficaram felizes com a cura, mas a proibiram de ir à igreja. Ainda assim, Sari sentiu que não tinha escolha, precisava ir. Ela tentou ir secretamente, mas quando seu irmão descobriu, a agrediu. Em certo momento, foi expulsa de casa e agora vive com uma tia cristã.

Ela compartilhou sua história, pois queria ter outras pessoas orando por ela. Sari sabe o que é pagar um preço por seguir a Jesus. Ao ser questionada se já tinha considerado deixar Jesus, ela disse: “Eu quis deixar ele, mas não posso”. Ela não conseguiu explicar porque não podia deixá-lo, mas simplesmente não podia. Pessoas que a conhecem disseram: “A fé dela é tão forte. É inacreditável”.

Durante o encontro com Sari, nossa equipe leu Salmos 68.5, onde Deus promete ser pai para o órfão. Depois deram graças e oraram juntos. Depois da oração, continuaram em silêncio por alguns segundos. Então, pela primeira vez, ela disse algo sem ter sido feita uma pergunta. “Eu quero dizer uma coisa. Obrigada por orarem”, ela concluiu. A oração tem poder e alcança os cristãos da Igreja Perseguida. Mesmo estando distantes fisicamente, podemos ser um com eles por meio da intercessão.

Pedidos de oração

  • Neste Dia Internacional da Paz, ore para que haja paz dentro dos lares dos cristãos que ainda não tem famílias convertidas.
  • Ore por Sari, pela cura dos traumas e para que seu relacionamento com a família seja restaurado.
  • Apresente a tia que a acolheu, que Deus possa suprir todas as suas necessidades.

Fonte: Portas Abertas

Sobre o autor

Roberta Marassi

Roberta Marassi é jornalista, pós-graduada em telejornalismo, editora da revista GeraçãoJC, membro da AD.

Add Comentário

Clique aqui para postar comentários