Como se cuidar no inverno – Revista GeraçãoJC
Ciência e Saúde Matéria Principal

Como se cuidar no inverno

Foto: Shutterstock

O inverno já chegou. Sim, na manhã desta quinta-feira (21), deu início à estação mais fria. Junto com o inverno, vem o clima seco, a baixa umidade do ar. Esses dois ingredientes juntos podem causar ressecamento na pele, unhas, cabelos…

E é claro que não queremos ficar na estação em que todos ficam mais elegantes, com aparência de desleixo, né?! Existem alguns cuidados para prevenir ficarmos lindos no inverno.

Beba água

Esta é a dica pra vida. Seja no verão ou no inverno. A água tem o poder de limpar o organismo e hidratar a pele, e se não ingerirmos a quantidade recomendada de 2 litros por dia, outros problemas sérios podem surgir além de uma pele ressecada.

Banho morno

Não exagere na temperatura do banho só porque está frio e é gostoso tomar banho mais quente. A temperatura ideal para não retirar a oleosidade natural da sua pele e sofrer com os danos do ressecamento é um banho morno e não muito demorado. Use sabonetes neutros ou líquidos que contenham vaselina e não esfregue demasiadamente a pele.

Hidratar a pele

Logo depois do banho é a melhor hora para usar um hidratante, ele vai ser mais bem absorvido pela pele. Para o inverno existem hidratantes específicos, com ativos capazes de reter as moléculas de água e ao mesmo tempo formar um filme na superfície da pele e evitar a evaporação. Os produtos com este tipo de função contêm: Uréia a 10%, PCA-Na, manteiga de karité e óleo de amêndoas. Não deixe de usar protetor solar.

Hidratação potencializada para mãos e pés

 

As extremidades como as mãos e pés, sofrem ainda mais com o ressecamento durante o inverno. Por isso depois do banho e sempre ao lavar as mãos, se faça uso do hidratante. Para os pés o uso de um hidratante mais potente para o inverno, pode evitar rachaduras.

Dica para potencializar a ação do hidratante nas mãos e pés: Uma boa dica para potencializar a hidratação é lambuzar com o hidratante específico para cada área, vestir um saquinho e prender (Nas mãos pode ser usada uma luva plástica descartável daquelas que vem com a tintura de cabelo), ou comprar um kit higiênico descartável para mãos e pés, é um kit pedicure e um manicure, que vem com luvas e saquinhos para pés. Deixe agir por uma hora, e de preferência façca este procedimento umas duas vezes por semana.

Evite a oleosidade, a caspa e a queda dos cabelos

Os cabelos também sofrem durante a temporada de inverno. Lavar a cabeça com a água muito quente estimula mais ainda as glândulas sebáceas do couro cabeludo que terminam produzindo mais oleosidade. Junto a essa oleosidade excessiva um fungo (o Pityrosporum ovale), leva ao processo de inflamação e provoca a descamação da camada superficial da pele do couro cabeludo (a caspa) e a mesma oleosidade também pode provocar a seborreia que provoca a queda dos cabelos.

Para evitar todos esses problemas, evite a água quente, procure lavar os cabelos no máximo com água morna enxaguando bem para retirar totalmente o xampu e o condicionador além de secá-los usando o secador com baixa temperatura. Deixar a cabeça molhada por muito tempo ou mesmo dormir de cabeça molhada favorece também o surgimento de todos os problemas relacionados acima.

Ar condicionado?

Ele é mais habitualmente usado no verão, mas muitas vezes também usamos no tempo frio no trabalho ou no carro. Evite o máximo que puder, já que ele rouba água do corpo e também resseca.

Umidade do ar

Como dissemos, o tempo seco é o grande vilão dessa história toda. Para manter o ambiente mais úmido, uma bacia com água pode ser usada no lugar de um vaporizador.

Anotou todas as dicas?! Se possível, procure um dermatologista. E curta a estação com a pele linda!

Com informações de Vix e Portal tudo aqui

 

Sobre o autor

Roberta Marassi

Roberta Marassi é jornalista, pós-graduada em telejornalismo, editora da revista GeraçãoJC, membro da AD.

Add Comentário

Clique aqui para postar comentários