Em Sintonia Matéria Principal

Quarteto Gileade

Foto: Arquivo Pessoal

Pense em quatro naipes e timbres diferentes. Junte à isso harmonia entre essas vozes e vidas consagradas ao Senhor. O resultado? Um dos quartetos mais queridos e conhecidos do Brasil. Estou falando do quarteto Gileade. Com 30 anos de carreira, o quarteto tem 11 CDs gravados e já estão trabalhando no 12º.

Tudo começou com três primos adolescentes (Jabes, Marcos e Elias), praticamente da mesma idade, músicos e envolvidos com atividades na igreja, mesmo ainda bem jovens, já cantando no coral da igreja.

“Começamos a ouvir quartetos americanos. Foi aí que nasceu o gosto especial por esse estilo”, lembra Jabes Rosa, que continua. “Um dia o quarteto Alfa esteve em nossa igreja, este foi o impulso pra começarmos, éramos os três, mas precisava de mais um pra completar o quarteto. Foi quando chamamos o Nivaldo, por ele ser mais velho e tocar violão, na época, pra auxiliar”.

Em 1987, eles dizem que começaram brincando. “Vieram os ensaios, primeiras apresentações e logo percebemos que era uma chamada de Deus para nós, por tudo ir se encaixando e crescendo”.

Jabes fala que demoraram um pouco para escolherem o nome. “Lembro que quando nosso saudoso pastor, Alvino Pereira Rocha, ia nos dar oportunidade para cantar, chamava de “nosso quarteto”. Mas dizia que seria bom escolhermos um nome porque era um projeto de Deus e um dia seria conhecido. Aí fomos procurar e estudar alguns nomes. Escolhemos Gileade pelo significado bonito e importante. Fala de vitórias, dos montes verdejantes saudáveis, do bálsamo de Gileade”, recorda.

Início e trajetória
A formação atual está junta há 10 anos. Da primeira formação Elias não pôde mais continuar com o quarteto por conta da escolha profissional. Com sua saída, entrou o Rhaniery. Ele seguiu por alguns anos, mas resolveu sair do grupo para se dedicar ao nascimento dos filhos e à vida profissional também. Após ele, o Weber somou com eles no tenor. Após sua saída, foi a vez de Aluísio Júnior.

“Ele chegou há 10 anos. O conhecemos em Recife uns anos antes, quando foi a oportunidade da substituição do baixo. Oramos e sentimos de convidá-lo. Ele já tinha um chamado de Deus para essa área e promessa pro ministério. Fizemos uma programação na transição para dar tudo certo. O Aluísio, com direção de Deus, bênção do pastor e aprovação da família, se organizou e veio para Goiás com a família, já sabendo todos os nossos hinos da época e já pronto para continuar a Obra”.

Quando disse que eles eram o quarteto mais querido do Brasil, esqueci de dizer que estão ganhando espaço e privilégios entre os grupos dos Estados Unidos. Este será o 6º ano que Gileade é o único quarteto fora do país a participar do Encontro de quartetos, chamado NQC (Convenção Americana de Quartetos).

“Acompanhamos os quartetos americanos desde meninos. O sonho era de apenas conhecer esses grupos pessoalmente. Deus nos deu o privilégio de não só conhecê-los e vê-los cantar, mas também participar com eles cantando no mesmo lugar, maior evento de quartetos do mundo. 60 anos de evento, na história, nunca teve quarteto de outro país participando. Segundo os diretores, nem intenção havia de abrir para outras nacionalidades. Nesse tempo houveram quartetos de outros países desejando participar e não tiveram oportunidade”.

Um ano foram atender agendas nos EUA e organizaram para assistirem o evento. “Conhecemos toda a estrutura. Eles nos conheceram, começaram a nos observar e verem nossa história. Gostaram do estilo e com certeza, tocados, obedeceram a voz de Deus e nos convidaram, em 2013, para participar. Cada ano tem sido melhor, no sentido de receptividade e de carinho por parte deles”, exclama Jabes.

Mas quem pensa que tudo isso é graças apenas ao talento dos quatro, estão enganados. Eles mesmos dizem que são totalmente dependentes de Deus. Eles possuem uma “rotina” de oração. “O principal preparo para o desenvolvimento e execução do trabalho precisa ser a oração. A partir daí tudo se inicia ou prossegue galgando e conquistando. Temos nossa rotina com essa prática tão importante, tanto faz estarmos em viagem ou não, temos nossos momentos juntos, com família e individuais. Programamos jejuns juntos e também cada um em um dia da semana, como também nos momentos tradicionais das madrugadas. De forma que, “a oração é a chave da vitória””.

Pela harmonia de quatro vozes chamar muita a atenção, por onde passam, eles acabam sendo parados para louvar. Jabes conta como é isso. “Muitos lugares que estamos as pessoas nos pedem para dar uma palinha. Isso acontece em restaurante, aeroporto, hotel … E nós aproveitamos para evangelizar, pois geralmente são ambientes que aglomeram pessoas desconhecidas e que não estão nem esperando que vai surgir uma música ali naquele momento”. Ele completa. “Há curiosidade ao ouvir as vozes. As pessoas pedem para cantarmos a capela trechos de hinos nossos. Amigos cantores pedem para cantarmos em quatro vozes trechos de hinos deles. Todos chegam demonstrando carinho e desejo de ouvir mais”, se alegra.

Se você sempre sentiu o desejo de montar um quarteto ou um grupo vocal, eles deixam um conselho. “É gratificante usar o dom para executar cantando a Palavra de Deus! Pra cantar e fazer bem feito precisa gostar e ter uma noção, tanto de música como de convivência com pessoas diferentes. Não simplesmente cantar. É entender que do seu lado terão pessoas para somar com você. Sua voz será uma parte na harmonia, que unidas darão um resultado só. Todas as vozes são importantes, sem nenhum auto destaque. A simplicidade é um ótimo caminho. O ponto de partida principal é a oração. A aprovação de Deus capacita e qualifica pra qualquer trabalho. A Unção de Deus é o essencial para a constância e o foco principal precisa ser a adoração”.

Jogo rápido
Sonho: Cantar em Israel
Realizações (coisas que já conseguiram): Ver almas se rendendo aos pés de Jesus através dos nossos louvores; milagres e maravilhas através do trabalho; gravar CD; cantar num cruzeiro em alto mar; fazer parte da CPAD; cantar no maior evento de quartetos do mundo nos EUA.
Um versículo: Salmos 150
Deus é: Maravilhoso! O centro de tudo.
Um cantor: Victorino Silva
Um Quarteto ícone: The Cathedrals Quartet
Musica: Aleluias de Handel
Estilo musical: A maioria
Sucesso é: Resultado de um trabalho bem feito
Família: Nosso refúgio, nossa base

Para quem quiser convidar o Quarteto Gileade, pode entrar em contato através dos seguintes canais:

Telefone: (64) 9 9907-4504

E-mail: quartetogileade@hotmail.com

Facebook/ Instagram/ YouTube/ Twitter: Quarteto Gileade

Site: www.quartetogileade.com.br